A testadora: Paga para sentir prazer

511420_BrinquedoseroticosINjpg

Saiba quais foram os méritos da testadora de produtos eróticos que superou sete mil candidatas para conquistar a vaga.


A testadora conta no blog suas impressões sobre todo o tipo de sensações ao usar os produtos


Você aí, disputando uma vaga de emprego com meia dúzia de candidatos com tantas qualificações técnicas quanto as suas enquanto uma garota de 26 anos estraçalhou sete mil candidatas ao ganhar o posto para testar brinquedos sexuais.

Mariana Black é o nome fictício da paulistana que conquistou a vaga de testadora de produtos eróticos disputada por milhares de candidatas, foram recebidos 7000 mil currículos de 1 a 8 de outubro.

O contratante, o site Sexônico (uma espécie de Google de produtos eróticos com resenhas, preços e fabricantes), divulgou o anuncio da vaga nos jornais, foi o suficiente para que a mesma viralizasse nas redes sociais e atraísse todo esse número surpreendente de interessadas.

O teste era simples, descrever um brinquedo sexual que a candidata tinha, e Mariana falou sobre suas bolinhas de pompoarismo e foi escolhida ao relatar seu apreço pelo mimo erótico.

Como primeira tarefa recebeu uma caixa com 15 brinquedos sexuais para contar quais são suas impressões.

Para exercer o ofício do prazer, ela recebe R$ 2 mil reais por mês para trabalhar de casa, mas seu emprego oficial é como analista de mídias sociais numa agência de publicidade, e seus colegas de trabalho, assim como seu chefe, nem sonham da sua função freelance.

No blog do site, sua primeira resenha aos usuários começa assim:

“Mariana Black, muito prazer. Aliás, muito prazer é só o que espero ter daqui pra frente.

Prometo contar aqui todas as minhas aventuras nada amorosas com os brinquedos eróticos mais variados.

Se eles prometem mil e uma possibilidades de sensações, é hora de cumprirem. E se deixarem a desejar, serão detalhadamente criticados, em tamanho, habilidade, destreza e devida falta de talento…"

A ideia do Sexônico é que seus clientes tenham um espaço para trocar opiniões, tirar duvidas sobre os produtos e até mesmo iniciar leigos que pretendem começar a experimentar e não sabem de onde partir. Saiba mais sobre as candidatas que pleitearam a vaga:

- Perfil das candidatas:
60% entre 21 e 30 anos
23% entre 31 e 40 anos
11% entre 18 e 20 anos
5% entre 41 e 50 anos
1% entre 51 e 60 anos

- Pretensão salarial:
26% R$ 1.000,00
25% R$ 1.500,00
22% R$ 2.000,00
12% R% 2.500,00
8% R$ 3.000,00
7% R$ 3.500,00

- Escolaridade
35% Ensino Superior Completo
29% Cursando Ensino Superior
20% Ensino Superior Incompleto
16% Pós-graduadas

- Residência
49% de São Paulo
22% do Rio de Janeiro
22% Demais regiões

 

Fonte: http://www.areah.com.br/

Ler 1412 vezes
Mais nesta categoria: Orgasmo, como assim? »